8 dicas para driblar o medo de avião

medo-de-aviaoEu adoro viajar de avião! Tudo bem que atualmente os serviços já não são mais aquela maravilha, mas posso dizer que não tenho nenhum medo de avião e até curto apertar os cintos e voar… As pesquisas indicam que eu pertenço a um percentual mínimo da população: imaginando um voo qualquer, acredita-se cerca de 75% dos passageiros a bordo ficam apavorados, enquanto outros 23% se sentem amedrontados e apenas 2% não estão nem aí. Eu estou nesses 2%, curtindo a viagem \o/

Para esse montão de gente que tem medo de avião, não adianta apresentar estatísticas sobre como o avião é o segundo transporte mais seguro que existe (só perde para o elevador! Hum… isso vale outro post!), ou dar aulas de física provando por A + B que voar não depende de sorte nem feitiçaria. Quem tem medo, tem medo e pronto!

Minha irmã é assim. Certa vez, ela foi fazer uma viagem a trabalho e teve de pegar a ponte aérea Rio-São Paulo em um dia de chuva. Tadinha, foi “premiada” com uma tempestade de raios que certamente me deixaria a-pa-vo-ra-da! Mas antes mesmo de entrar no avião, ela explicou à comissária que tinha verdadeiro pânico de voar. Ao ouvir o relato de minha irmã, um senhor idoso ao seu lado disse: “Você tem medo de avião? Fique tranquila, a estrada daqui até lá não tem buracos!” Até hoje não sei dizer se o velhinho estava sendo fofo ou irônico, mas o fato é que não ajudou em nada. A coitada passou um sufoco nos 44 minutos de ida – e de volta!

aviao

Se você também faz parte desse imenso grupo de brasileiros que morre de medo de avião, não há do que se envergonhar. Não só porque você faz parte da maioria, mas porque algumas questões relacionadas à situação de  viajar de avião podem mesmo nos deixar apreensivos (nem vou listar aqui para não piorar a situação, OK?). Mas sinto que, como uma pessoa destemida (pelo menos para voar!), tenho a obrigação de compartilhar algumas dicas que podem ser muito úteis para a sua próxima viagem:

* Informe-se! Em geral, a principal causa do medo de avião é a falta de informação. Sabe aquela aulinha de física que eu mencionei acima? Sim, ela pode ajudar. No entanto, mais do que conhecer as leis da física que sustentam o avião é útil saber que às vezes os motores diminuem durante a viagem (o que não significa que a turbina parou), que é supernormal a asa do avião balançar (o que não significa que ela está se soltando) e que as turbulências são causadas por mudanças de temperatura, pressão ou velocidade ao se passar por dentro de uma nuvem e que o avião está preparado para se ajustar a isso (o que não significa que o avião vai cair a qualquer momento!).aviao-4

* Prepare-se para a viagem. O ideal é usar roupas confortáveis, chegar com antecedência, ter os documentos e as passagens organizados e à mão. Evite qualquer situação que possa deixá-lo ainda mais ansioso. Ao embarcar, caminhe pela aeronave para se familiarizar com o ambiente.

* Sente-se no corredor. Se você tem medo de avião, nem pense em se sentar na janela. Você já sabe que a asa do avião balança (pois eu já contei!), portanto, pra que jogar lenha na fogueira, não é mesmo? Além disso, você terá mais mobilidade para se levantar, esticar as pernas e dar alguns passos pela aeronave para aliviar a tensão.

* Puxe conversa. Se você estiver viajando acompanhado, provavelmente o seu companheiro já sabe sobre o medo de avião. Se não souber, ele vai perceber, certo? Então conte logo de uma vez e deixe claro que uma boa conversa será útil em mantê-lo distraído e mais tranquilo. Se estiver viajando sozinho, observe se o passageiro da poltrona ao lado é receptivo a um bate-papo. Em caso positivo, além de trocar experiências, você ainda pode fazer um amigo!

aviao-2* Mantenha-se ocupado. Se o papo com o vizinho de poltrona não render (ou se você não é do tipo que gosta de conversar com estranhos), tenha um plano B. Leve livros, revistas ou palavras cruzadas na bagagem de mão. O importante é manter a mente ocupada.

* Não se assuste com barulhos. Em geral, as viagens de avião são silenciosas, mas lembre-se de que isso não é uma regra – principalmente se houver crianças a bordo (ahaha, um pouco de humor não faz mal, certo?). Brincadeiras à parte, uma série de barulhinhos e barulhões podem chamar sua atenção. Você pode ouvir os sinais de pessoas chamando os comissários (não, isso não é um sinal de alerta!) e pode perceber alterações do barulho das turbinas (de novo: elas não estão parando!!). O pouso e a decolagem são os momentos mais barulhentos, pois nessas horas a aeronave recolhe ou libera o trem de pouso – e é claro que essa parte mecânica do sistema vai fazer algum barulho. ;)

* Evite bebidas alcoólicas e a automedicação. Ao contrário do que você vai ouvir de 99,99% dos seus amigos, tomar todas no voo não vai ajudar a acabar com seu medo de avião – e apelar para aquele comprimidinho também não é uma boa ideia, a menos que você tenha conversado com seu médico antes. Se você realmente tiver fobia de andar de avião e não tiver outra opção para sua viagem (dependendo do destino, muita gente prefere ir de carro, de ônibus ou de navio, por exemplo!), pode ser que o médico indique algum medicamento. Em outras situações, seja firme e experimente primeiro as dicas acima. Sobre as bebidas alcoólicas, o perigo está no fato de que a pressão dentro da aeronave acelera os efeitos do álcool – já pensou nos problemas que você pode ter se chegar totalmente bêbado ao seu destino? De passar uma vergonha numa viagem de negócios a se perder num aeroporto desconhecido… Melhor deixar a garrafinha fechada.aviao-3

* Relaxe e aproveite a viagem! Não, eu não estou sendo irônica! Se você tem medo de avião, relaxar é o melhor que pode fazer para vencer o obstáculo do percurso e alcançar o seu destino! Respire fundo e tenha em mente que a viagem tem uma duração limitada e que logo você estará livre para aproveitar tudo de bom que a sua viagem promete!

Desde que descobriu que era possível ganhar a vida lendo, teve a certeza de que trabalharia com livros. Apesar de ser caseira, adora viajar (paradoxal, não?!) e encontrar os amigos. Suas grandes paixões são a família, o marido e... chocolate!!