Amamos o Dia das Crianças!

Em tempos de Facebook, a chegada de dia das crianças proporciona uma enxurrada de fotos de perfil de nossos amigos e familiares quando pequenos. Muita gente não gosta da brincadeira (mas na internet, sempre existe gente para não gostar de alguma coisa, não é?), mas há quem se divirta (eu!) relembrando tempos mais simples, quando o único problema era decidir com qual brinquedo brincaríamos primeiro. Na onda das fotos, separei umas muito  legais e quero ver se você, querido leitor, descobre quem são! Vou dar algumas dicas, hein… Para descobrir, basta clicar sobre a foto :)

Esta sapeca acrobata não é ginasta nos dias de hoje! Mas seu marido faz verdadeiras acrobacias para tentar colocar um pouco de ordem no mundo, já que ocupa o cargo político mais importante do globo.

 Este bonitinho se tornou um baita bonitão, craque da bola e casado com uma ex-cantora de um grupo famoso!

 Este aqui, meio tímido na infância, assim permaneceu em sua breve e histórica vida, veloz como o carro que pilotava.

 Esta coisinha linda aqui já viu navio afundar depois de bater no iceberg e tudo, mas ganhar um Oscar que é bom…

 Agora este aqui… ah não. Este aqui eu me recuso a dar dica! hehehe

 Continuando com as curiosidades, você sabe como surgiu o Dia das Crianças? Veja a superexplicação dada pelo Brasil Escola:

O Dia das Crianças é uma data comemorada em diferentes países. De acordo com a história e o significado da comemoração, cada país escolhe uma determinada data e certos tipos de celebração para lembrar de seus menores. Ao mesmo tempo, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) convencionou o dia 20 de novembro para se comemorar o dia das crianças.

A escolha desta data se deu porque nesse mesmo dia, no ano de 1959, o UNICEF oficializou a Declaração dos Direitos da Criança. Nesse documento, se estabeleceu uma série de direitos válidos a todas as crianças do mundo como alimentação, amor e educação. No caso brasileiro, a tentativa de se padronizar uma data para as crianças aconteceu algumas décadas antes.

Em 1923, a cidade do Rio de Janeiro, então capital do Brasil, sediou o 3º Congresso Sul-Americano da Criança. No ano seguinte, aproveitando a recente realização do evento, o deputado federal Galdino do Valle Filho elaborou o projeto de lei que estabelecia essa nova data comemorativa. No dia 5 de novembro de 1924, o decreto nº 4867, instituiu 12 de outubro como data oficial para comemoração do Dia das Crianças.

Entretanto, a data não se tornou uma unanimidade imediata. Somente em 1955, a data começou a ser celebrada a partir de uma campanha de marketing elaborada por uma indústria de brinquedos chamada Estrela. Primeiramente, Eber Alfred Goldberg, diretor comercial da empresa, lançou a chamada “Semana do Bebê Robusto”. O sucesso da campanha logo atraiu a atenção de outros empresários ligados à indústria de brinquedos.

Com isso, lançaram uma campanha publicitária promovendo a “Semana da Criança” com o objetivo de alavancar as vendas. Os bons resultados fizeram com que esse mesmo grupo de empresários revitalizassem a comemoração do “12 de outubro” criado pelo deputado Galdino. Dessa forma, o Dia das Crianças passou a incorporar o calendário de datas comemorativas do país.

Gostaria de deixar claro também que, por mais que você queira, VOCÊ NÃO TEM MAIS IDADE PARA GANHAR PRESENTE, ok? Mas, se tiver filhos, sobrinhos ou netos para presentear, a Loja Seleções está recheada de livros e brinquedos pra agradar os fofuxos! :)

E agora, o gran finale!!! Quer conhecer a nossa equipe editorial quando pequena? Olha só quanta fofura!

Esta sou eu, que vos fala, ou uma versão brazuca de Punky, a Levada da Breca:

marina góes

Aqui, nossa supereditora Raquel Zampil num momento verão com seus irmãos (Raquel é a pequetita à esquerda).

raquel zampil

Esta beleza dos pampas gaúchos é nossa editora de arte, Tanara Vieira.

tanara vieira

A viajante e sua acompanhante (que também pagou passagem) é nossa editora-comissária-de-bordo-oficial Thais Garcez (Ela esteve no Chile recentemente! Gosta de voar, a menina).

thais garcez

Agora atenção para este olhar penetrante e estas bochechas MARAVILHOSAS da editora Raphani Margiotta! Não aguento!

raphani margiotta

A meiguice e a ruivice deixamos aos cuidados da nossa superestagiária, a Lara Berruezo. Fofura pra comercial de fralda nenhum botar defeito!

lara

Nosso estagiário de arte, o Luiz Fellipe Menezes, não estava lá muito confortável em suas vestes caipirescas, mas é ou não é um bigode extremamente fofo???

luiz fellipe

“Rata” de livraria, jornalista (escritora um dia, quem sabe?) e catálogo de música ambulante. Adora sorvete, cachorros e viajar. Mais do que isso, adora conhecer pessoas e suas histórias e fazer amigos.