Damas: aprenda e jogue com seus filhos

DamasO jogo de damas é, antes de qualquer coisa, um jogo de tabuleiro antigo. Muito antigo. Há indícios de um jogo parecido surgido na cidade de Ur, na região onde se localizava a Mesopotâmia, hoje território iraquiano. Uma versão bem primitiva do tabuleiro teve sua data descoberta: era de pelo menos 3.000 A.C, mas não possuía nenhum indício das regras utilizadas. Entretanto, um jogo egípcio descoberto por arqueólogos, acredita-se, é a versão mais próxima das damas que conhecemos. Chama-se alquerque, e data de 1.400 A.C.

As damas de hoje em dia, entretanto, surgiram na França, por volta de 1.100. O tabuleiro dispõe de 64 casas organizadas em um esquema 8×8 como o da foto abaixo. Assim como o xadrez, as peças são pretas e brancas, porém nas damas as peças utilizadas têm forma de moeda (figura 1).

damas2

Figura 1 – Tabuleiro e peças

O objetivo é simples: capturar todas as peças de seu adversário. Para isso, deve-se obedecer a algumas regras de movimento. Por exemplo, as peças não podem voltar casas, e devem avançar uma casa de cada vez e apenas nas diagonais. Mas atenção: existem regras especiais para capturas, como veremos em seguida. Confira a figura 2 abaixo, que mostra o movimento das peças no jogo de damas:

Damas diagonal

Há uma regra para a captura: ela é obrigatória. Uma vez que sua peça esteja em contato com uma adversária, ela deve atacar. Caso contrário, é retirada do jogo. É possível eliminar duas ou mais peças seguidas na diagonal, contanto que haja o espaço de uma casa entre elas, tanto para frente como para trás, como mostra a figura 3:

Damas captura

Figura 3 – Captura de peças

Ao avançar para a última linha do tabuleiro, a peça sobrevivente torna-se uma dama, ou seja, é coroada com uma outra peça que tenha sido capturada pelo adversário e ganha privilégios especiais.

Dama coroada

Dama coroada

As damas podem movimentar-se livremente em todas as direções pelo tabuleiro; entretanto são naturalmente eliminadas por peças comuns caso repouse em uma posição de captura adversária. Apesar da liberdade de casas que pode cobrir, as damas restringem-se apenas a uma direção por turno. Não é possível fazer “curvas” ou capturar peças que não estejam na mesma linha de sua posição atual.

Como dito anteriormente, o jogo termina quando todas as peças adversárias são capturadas. São necessárias estratégias e reflexão para não movimentar peças erradas e comprometer o jogo em favor do adversário. É um ótimo jogo para curtir com a família, e mais ainda com crianças, pois estimula o pensamento e ensina prudência e paciência, além de promover bons momentos juntos.

Agora que você já sabe como jogar damas, consiga um tabuleiro com peças e divirta-se!

Leitor constante que encontra paz e refúgio na leitura, além de acreditar em seu poder de mudar vidas. Cursa Produção Editorial na UFRJ, o que só fez aumentar sua vontade de presentear o mundo com livros. Fã de Tênis, acompanha e pratica o esporte com amor sempre que pode.