Dieta caseira para pets

Meu primeiro contato com a dieta caseira ou alimentação natural (AN) para pets aconteceu quando um dos meus cães, diagnosticado com insuficiência pancreática, não respondeu bem nem a uma ração de linha veterinária do tipo superpremium, considerada a melhor opção do mercado. Para recuperá-lo de um estado de desnutrição avançado, contei com uma dieta cozida elaborada especificamente para sua condição pela zootecnista e especialista em nutrição para cães e gatos Ana Paula Pereira. Ele tem vivido bem há quatro anos, e eu me tornei uma defensora ferrenha dessa forma de alimentação.

dieta caseiraMas as rações industrializadas são de todo ruins?

Não. As rações industrializadas são balanceadas e adequadas ao organismo dos animais domésticos, trazendo um benefício importante à saúde deles quando comparadas a uma alimentação baseada em sobras das refeições humanas. No entanto, também são alimentos transgênicos, conservados pelas substâncias cancerígenas (segundo a Agência Internacional de Pesquisa sobre Câncer da Organização Mundial de Saúde) BHA e BHT, extremamente secos (com apenas cerca de 11% de umidade, estão sendo apontados como os principais responsáveis pelos casos de cálculo renal em cães) e repletos de sódio para se tornarem mais palatáveis. Uma pesquisa realizada pela zootecnista e mestre em nutrição Janine França também concluiu que animais alimentados com a dieta caseira têm melhores índices de colesterol e triglicerídeos do que aqueles alimentados com ração seca ou úmida. Tutores adeptos da dieta caseira para seus pets relatam, ainda, benefícios bem aparentes: prevenção do mau hálito; diminuição da queda de pelo; redução no volume e no odor das fezes; melhoria na disposição; e, é claro, maior prazer do animal ao se alimentar.

Como adotar a dieta caseira?

Caso seu animal esteja saudável (para confirmar, realize um check-up com seu veterinário de confiança), você pode seguir receitas disponibilizadas on-line, como nas páginas Cachorro Verde, da veterinária Sylvia Angélico, Cãolinária, da gastrônoma Renata Ferraz, e Cachorro pode comer isso?, da tutora Amanda Vettori. Tome cuidado com os alimentos proibidos, tóxicos para cães e/ou gatos. Outra opção, mais prática, porém mais cara (a dieta caseira pode sair até mais barata que rações industrializadas), é comprar as refeições naturais prontas, de fornecedores como o Pet Delícia e o PetChef, do Rio de Janeiro, e o La Pet Cuisine, de São Paulo. Caso seu pet tenha algum problema de saúde, é importante contatar um veterinário ou zootecnista que entenda de nutrição para elaborar uma dieta própria para ele.

Apaixonada pela literatura, pelo objeto livro e por cada etapa de sua produção, cursa graduação em Letras na UERJ, onde promove iniciativas de capacitação para o mercado editorial para aqueles que compartilham do mesmo sonho: viver de fazer livro.