Levando o riso a sério

babyHoje, dia 18 de janeiro, é Dia Internacional do Riso. Fácil para mim seria apenas dizer “riam mais”, porque “rir é o melhor remédio”, mas vou explicar os motivos:

Deve-se rir porque rir faz bem ao coração. Pesquisadores da Universidade de Maryland explicam que a amplitude da alteração observada no endotélio (tecido que recobre a parede interna dos vasos) nas pessoas que riem é semelhante à que teriam numa atividade física intensa. Associado a trinta minutos de exercício três vezes por semana, o riso pode tornar o seu sistema vascular muito mais saudável.

Deve-se rir porque rir deixa a pele mais bonita, melhorando sua elasticidade, já que a contração espontânea da musculatura age como fortalecedora do tônus. Rir também suaviza rugas e flacidez e ativa a circulação sanguínea do rosto.

Deve-se rir porque o riso faz bem aos portadores de diabetes tipo 2. Um artigo publicado no periódico Alternative Therapies in Health and Medicine afirma que a risada pode beneficiar os níveis de glicose no sangue, além de reduzir a quantidade de compostos inflamatórios a ser ingerida. Ela também aumenta os níveis de colesterol bom em pacientes diabéticos de alto risco.

Deve-se rir porque Hunter “Patch” Adams, na década de 1960, com sua terapia do riso, propagou a relevância do método em processos de cura. O riso sintetiza endorfinas no hipotálamo, mais precisamente as chamadas beta endorfinas, que são substâncias analgésicas semelhantes às morfinas e reduzem a dor em seus vários estágios. Ao observar o baixo estado de alegria e de humor em seus doentes, o médico resolveu introduzir a terapia, que consiste num descondicionamento de atitudes e hábitos perniciosos arraigados na personalidade para viver com amor e felicidade; envolvendo auto-estima, amor próprio e bom humor.

Deve-se rir porque existem no mundo coisas e pessoas muitíssimo engraçadas, como os livros de Luis Fernando Veríssimo, as músicas dos Mamonas Assassinas e os filmes de Woody Allen. Os episódios de Chaves reprisados no SBT há décadas e maratonas do seriado Friends também são ótimos motivos.

Deve-se rir porque o riso, segundo Robert R. Provine, professor de Psicologia e Neurociências (o mesmo que conduziu o estudo citado acima) é uma ferramenta essencial para a manutenção da vida a dois. Provine reuniu mais de 3.000 anúncios do tipo “Mulher solteira procura…” na seção de classificados de jornais americanos como o Miami Herald Tribune, Boston Globe e Washington Post. A análise mostrou que, na maioria dos anúncios, as mulheres procuravam homens “divertidos” e “engraçados”, enquanto os homens procuravam também as bem-humoradas.

E, se nenhum desses motivos for o bastante, sugiro esta última cartada, praticamente infalível.

 

:)

“Rata” de livraria, jornalista (escritora um dia, quem sabe?) e catálogo de música ambulante. Adora sorvete, cachorros e viajar. Mais do que isso, adora conhecer pessoas e suas histórias e fazer amigos.