8 dicas para se manter seguro na internet

segurançaTudo parece muito simples e inofensivo. Compramos um computador, ligamos na tomada, contratamos um provedor de internet e pronto: estamos livre para fazer absolutamente tudo na rede. Compras, transações bancárias, acessar redes de jogos online, enviar e receber documentos importantes e uma infinidade de outras atividades que envolvem o acesso a nossos dados pessoais. Se não estivermos absolutamente distraídos em nossos passeios pela internet, podemos, sim, bloquear a interferência de hackers, reduzir e até mesmo eliminar a quantidade avassaladora de spams que recebemos em nossas caixas de entrada e, ainda, protegermos nossas redes dos já tão conhecidos “ladrões de sinal wifi”. Separei algumas dicas valiosas, muitas das quais já apliquei em casa, que você pode checar e colocar em prática. Estamos numa era supermoderna, eu sei, mas como dizia vovó: o seguro morreu de velho.

• Instale programas de segurança

Se o seu computador estiver ligado à Internet, é absolutamente essencial que você tenha instalados programas de segurança de boa reputação. Pague um pouco mais para ter um bom pacote de segurança. Norton e McAfee são dois dos maiores nomes em programas de segurança de computadores. Eles vendem conjuntos de programas que incluem antivírus, um firewall para deter a ação de hackers, um bloqueador de spyware e um verificador de e-mails (este varrerá e-mails que entram em busca de arquivos maliciosos). Você precisa de tudo isso.

• Compre um roteador de banda larga

Quem usa DSL (Digital Subscriber Line) ou cabo para se conectar diretamente à Internet está entrando no que alguns especialistas chamam de zona desmilitarizada (DMZ). Isso deixa você aberto a hackers que usam softwares de varredura para localizar as portas abertas do seu protocolo de Internet (IP) e acessar o seu computador remotamente, permitindo- lhes ler informações pessoais, além de baixar vírus ou spam. Para evitar que hackers entrem no seu sistema, compre um roteador, uma caixinha que parece um modem e que roteia dados entre o cabo ou o telefone e uma pequena rede de computadores. Mesmo que você só tenha um computador em casa e não tenha planos de criar uma rede, gastar R$ 60 a R$ 90 num roteador pode bater a porta na cara de todos os hackers em potencial. Se você acrescentar um roteador de banda larga à sua conexão, deverá ficar virtualmente invisível. Assim, quando um hacker fizer uma varredura, a única coisa que enxergará será o seu roteador. Ele poderá bater à sua porta o dia inteiro que não conseguirá entrar, pois não há porta aberta.

• Deixe a sua rede sem fio segura

Muita gente que tem mais de um computador em casa está descobrindo as vantagens das redes sem fio – que usam um roteador para conectar esses computadores. Mas existe aí um imenso perigo. Como tudo o que diz respeito a computadores, os roteadores para redes sem fio são projetados para funcionar assim que saírem da caixa. Assim, é só ligar que você estará on-line e pronto para navegar. O problema é que qualquer transeunte pode entrar na sua rede e espalhar virus ou mesmo trafegar por atividades criminosas, como pornografia infantil. Tornar a sua rede sem fio segura é simples. Você encontrará instruções dentro da caixa do roteador. Normalmente, irão lhe pedir que entre no seu navegador e digite uma série de numerous (normalmente o seu IP). Isso o levará às informações prefixadas do seu roteador. Clique na aba “Wireless”, a seguir em “Segurança”. Siga as instruções de como criar uma senha, às vezes chamada de wired equivalent privacy key (WEP key). Escolha uma senha e tranqüilize-se: sua rede estará segura.

• Leia a sua licença de uso

Se você costuma baixar programas “gratuitos”, primeiro tem de clicar num botão que diz “Eu aceito”. A maioria das pessoas clica sem ler o Termo de Compromisso que o acompanha, o que é o mesmo que assinar um contrato sem ler. Leia o Termo e ele explicará que, em troca dos protetores de tela gratuitos, a companhia colocará spyware no seu computador.

• Lembre-se de que nada é de graça 

Anúncios pop-up que oferecem protetores de tela gratuitos podem parecer inocentes. Mas você paga um preço, pois eles contaminam o seu sistema com spyware. Quando o spyware se acumula no seu computador, a cada vez que você o iniciar, terá uma fila de gente à “porta” da sua Internet esperando para recolher informações a seu respeito. Isso também faz a sua máquina perder velocidade.

• Verifique os links das mensagens

Se você utiliza serviços de mensagem instantânea como MSN ou Yahoo e alguém lhe envia um link para um site, pergunte a quem lhe enviou se de fato o enviou. Se você clicar, poderá estar aceitando um vírus. Tenha especial cuidado com arquivos executáveis com o sufixo .exe pois podem estar programados para se instalarem e atacarem o sistema ao serem clicados.

• Diminua o número de spams

Se você vive recebendo emails irritantes anunciando “Bem-vindo ao cassino VIP”, pode colocar um filtro para redirecioná-los de maneira que não cheguem mais à sua caixa de entrada. Estabeleça uma regra simples que pegue qualquer e-mail que entrar com a palavra “cassino” na linha de assunto e redirecione-o ou delete-o.

• Desatravanque regularmente

Certifique-se de deletar cookies e arquivos temporários da Internet, especialmente depois de usar serviços bancários on-line ou outros sites que tenham lhe pedido informações pessoais.

 

“Rata” de livraria, jornalista (escritora um dia, quem sabe?) e catálogo de música ambulante. Adora sorvete, cachorros e viajar. Mais do que isso, adora conhecer pessoas e suas histórias e fazer amigos.